terça-feira, 29 de maio de 2012

Paixão por Murakami


O David estuda Biotecnologia na Universidade de Aveiro e aproveita as constantes viagens de comboio para ler. Na tarde em que o conheci, no Moustache, estava a ler "A Rapariga Que Inventou Um Sonho", de Haruki Murakami, livro que lhe foi recomendado pela namorada. O David, que nunca tinha lido nada deste autor, disse-me ter ficado apaixonado pela sua escrita. Tão apaixonado que no momento em que acabou o livro voltou de imediato ao início para relê-lo. Assim mesmo, sem qualquer intervalo. Depois desta segunda leitura tinha à sua espera "Kafka à Beira Mar", um livro dos pais que vinha mesmo a jeito para alimentar esta sua paixão arrebatadora.

9 comentários:

Anónimo disse...

"...paixão arrebatadora." :)

A. F. disse...

Obrigada, anónimo! Até corei...

Anónimo disse...

De nada :) acontece a toda a gente!!
Já agora aproveito para lhe dizer que adoro o seu blog!! Parabéns!!!

A. F. disse...

Bem, obrigada outra vez! :D

Moon disse...

Murakami é uma promessa que já me fiz há muito tempo. Um dia impeço outros de se lhe atravessarem no caminho e chego lá.

Margarida disse...

Já li esses dois livros e mais uns quantos do Murakami.
Costumo dizer meio a brincar que não sei se gosto da escrita do Murakami, por ser às vezes completamente surreal, mas a verdade é que continuo sempre a ler os livros dele e quando deixo de o ler durante uns tempos, sinto falta do mundo do Murakami.

marco disse...

Sobre Murakami, o que digo é que é um autor imperdível! Já li "O Elefante Evapora-se" e "Sputnik, meu amor" e sou fã - mesmo a valer.

David Ramada disse...

Estou neste momento quase a acabar de ler "Kafka à Beira Mar" e estou a adorar. Acho que vou fazer como "A Rapariga Que Inventou um Sonho" e ler de novo.
Mais uma vez, parabéns pelo blog!

David Ramada

A. F. disse...

Olá David! E eu que nunca li nada de Murakami...